Comentar/adicionar no Comentarium

quinta-feira, 7 de março de 2013

Últimos momentos com seu neto Gabriel


Hoje achei filmagens de meu pai com meu filho, foi o último encontro, neste mundo, dele com seu neto.
Quando vi não sabia se chorava de saudade ou me alegrava por saber que ele está com Jesus. Observei seu olhar sofrido, mas pacífico, contemplando a imagem de seu neto. Duas gerações que se despediam. Semelhante a uma corrida de revezamento, onde o atleta que está finalizando sua corrida passa o bastão para o outro que está iniciando a sua.
É lindo ver como Deus nos oferece momentos de tanta sabedoria e ensinamentos de uma forma tão simples. Na Bíblia diz que todos nós temos nossos dias contados (Jó 15.5), ou seja, um dia nossa corrida acaba, finda. O que consigo meditar nisto é que não temos o direito de desperdiçar tempo, pois a vida é uma contagem regressiva.
Não perca tempo, aproveite-o ao máximo. Mas cuidado com seu conceito de usufruir do seu tempo.
A única forma de fazermos BOM USO do tempo que nos resta é nos aproximarmos de Deus. O tempo que temos é Deus quem nos dá e Ele faz isso para nos proporcionar oportunidades de evolução e investimento no plano espiritual. Se a vida se resumisse ao plano terreno somente quão miseráveis seríamos. Resumir a vida a menos de 100 anos neste mundo de fome, miséria e inúmeras aflições é ser irracional. Focar nossos esforços em realizações exclusivamente materiais, sem propósitos maiores, é mais irracional ainda. Somos espíritos eternos vivendo em um corpo limitado que se deteriora ao passar dos anos, portanto nossa essência é eterna. Se somos eternos como podemos objetivar somente o efêmero? Não se engane, um dia chegará o fim de nossa vida terrena. O material é apenas um ferramenta para investirmos ainda mais no espiritual.
No fim da vida terrena nada mundano importa: dinheiro, fama, cultura, bens, etc. A única perspectiva que temos em nossa partida é TERMOS UM ENCONTRO COM DEUS.  E como pretender encontrar Deus do outro lado se investimos nosso tempo vivido SOMENTE nas coisas terrenas? Como esperarmos viver bem o mundo espiritual que nos aguarda se vivemos neste mundo focados em tudo o que é material e momentâneo?
O meu pai investiu na dimensão do espírito e deixou um legado que eu e meu filho devemos dar prosseguimento, pois um dia irá acabar o nosso tempo e completaremos nossa corrida.
Inevitavelmente tu terás que passar o bastão um dia, como tu desejas fazer isso?
Deus abençoe a todos!

Um comentário:

Talma disse...

Eu não sabia que o seu Lino já tinha terminado sua missão aqui na Terra. Fiquei triste ao saber, mas feliz ao mesmo tempo, porque isso significa que ele já terminou sua missão aqui, e está pronto para começar outra, no Plano Espiritual.
Amigo do meu pai, ambos sempre comversavam sobre a gradativa perda de valores dos mais jovens.
Eu não conhecia a dura história de vida dele ( muito semelhante à do meu pai), mas certamente as asperezas vividas por ambos, forjaram seus caráteres.
Seu Lino é daquele tipo de ser humano que o mundo sempre precisa como exemplo de caráter, educação e honra.
Hoje eu tô triste.
Um beijo no coração!